quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Omar Khayyam

O amor que não devasta não é amor.
Um tição espalha acaso o mesmo calor que uma fogueira?
Noite e dia, durante a vida inteira,
o verdadeiro amante se consome na dor e no prazer.

Omar Khayyam

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial